O Exame de Gravidez

Smiley face

 

Ser mãe é um dos momentos mais marcantes da vida de uma mulher. Mas, antes disso existe o suspense em saber se realmente está grávida.

Você, seja homem ou mulher, provavelmente já se perguntou como os testes de gravidez conseguem indicar o início da gestação, se eles são seguros e possuem bastante assertividade, não é mesmo?

A seguir vamos explicar como funciona um exame de gravidez, além de outros mitos e verdades.

 

Como funciona um exame de gravidez?

Existem dois tipos de testes de gravidez: os exames laboratoriais e os testes rápidos, que podem ser comprados em qualquer farmácia.

O exame feito em laboratório utiliza uma amostra de sangue para definir se há a presença do hormônio beta HCG presente no corpo da mulher. Esse hormônio aparece principalmente quando a mulher está no período gestacional.

O teste de farmácia funciona da mesma maneira, detectando a presença do beta HCG, porém não há a necessidade de coleta de sangue. A maioria destes testes usa a urina para identificar a presença destes hormônios.

O beta HCG é um hormônio produzido a partir do momento em que o óvulo é implantado no útero, ou seja, quando a gestação começa. Portanto, ao urinar sobre a fita presente no teste de gravidez, um reagente mudar de cor ao entrar em contato com este hormônio específico, indicando que a mulher está grávida.

 

Qual o dia certo para fazer o exame de gravidez?

Se você optar por um exame clínico, é possível realizar o teste após uma semana da relação sexual sem preservativo. O resultado fica pronto em algumas horas e não é necessário ficar em jejum para realizar a coleta.

A vantagem do exame laboratorial é que ele pode ser feito poucos dias após a relação, fica pronto em poucas horas e custa menos de 50 reais na maioria dos laboratórios.

Já o teste de farmácia deve ser feito a partir do primeiro dia do atraso da menstruação ou quando a mulher sentir os sintomas físicos mais comuns de gravidez como:

·         Corrimento vaginal cor-de-rosa;

·         Corrimento vaginal mais espesso;

·         Cólica e inchaço abdominal;

·         Mamas sensíveis e inchadas;

·         Escurecimento da aréola da mama;

·         Cansaço fácil e sono excessivo;

·         Sensação de falta de ar;

·         Dor no fundo das costas;

·         Aversão a cheiros fortes;

·         Variações de humor;

·         Atraso ou falta da menstruação;

·         Enjoos e vômitos;

·         Excesso de salivação;

·         Desejo por comidas estranhas;

·         Tonturas e dor de cabeça;

·         Aumento da vontade para urinar;

·         Diminuição da vontade para defecar;

·         Espinhas e pele oleosa.

Vale lembrar que, se o teste for feito muito cedo, pode acontecer de não haver uma quantidade suficiente de hormônios beta HCG para serem detectadas, mesmo que a gravidez esteja ocorrendo. Por isso, é possível acontecer um falso negativo.

 

O teste de farmácia funciona?

Os testes de farmácia têm assertividade de 95 a 99%. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para evitar falsos negativos, como já citamos anteriormente, realizar o teste no período correto.

Outro ponto importante é buscar realizar o teste de farmácia logo no início da manhã, utilizando a primeira urina e evitando que ela fique muito diluída durante o dia, perdendo a acurácia do teste.

Siga todas as instruções contidas na bula que acompanha o teste para que não aconteça nenhuma falha na obtenção do resultado.

É importante que a mulher deixe o bastão ou fita presente no teste em contato com a urina pelo tempo necessário, geralmente indicado nas instruções do kit, afim de garantir a assertividade do exame.

Em casos raros é possível ocorrer um falso positivo. Isso pode acontecer caso a mulher esteja tomando algum medicamento que contém beta HCG, como remédios para fertilidade. É possível também um resultado enganoso ao ocorrer gravidez ectópica ou menopausa.

Se dias depois do resultado ter dado positivo, acontecer a menstruação, pode ser um falso positivo ou até mesmo indicar a ocorrência de um aborto espontâneo, por isso é importante procurar um médico ginecologista.

 

Dúvidas frequentes

A seguir apresentamos algumas respostas para as dúvidas mais frequentes quando o assunto são os testes de gravidez.

Existem medicamentos que podem interferir no resultado do teste?

Sim, alguns medicamentes podem afetar o resultado do exame, como:

·         Prometazina, usada para tratar alergias;

·         Medicamentos usados para tratar Parkinson;

·         Tranquilizantes;

·         Diuréticos;

·         Anticonvulsionantes;

·         Medicamentos para tratar infertilidade.

Ao comprar o seu teste de farmácia, confira a bula e veja se há contraindicações e a menção a outros medicamentos que podem afetar a acurácia do resultado.

Na dúvida, entre em contato com seu médico para saber o que deve ser feito.

Como saber se o teste que comprei é bom?

Para saber se um teste é realmente bom é preciso avaliar mais que o seu preço. Verifique o estado da embalagem, as condições de armazenamento e a data de validade, para se certificar de que o produto está apto para uso.

Além disso, escolha testes que tenham o selo de qualidade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Usar algum método anticoncepcional pode alterar o resultado do teste?

O uso de anticoncepcionais não altera o resultado do teste de farmácia. Você deve ficar atenta aos medicamentos citados anteriormente, no tópico acima, principalmente medicamentos para tratar infertilidade.

Outros medicamentos como analgésicos e antibióticos não alteram o resultado deste exame.

O teste de farmácia substitui o exame de sangue?

O teste de farmácia pode dizer se a mulher está ou não grávida. No entanto, o teste laboratorial, feito através da coleta de sangue, pode indicar também a quantidade hormonal presente no organismo.

Por isso, mesmo que o teste de farmácia já tenha confirmado, é importante fazer o exame de sangue para saber a quantidade do hormônio presente, possibilitando que se identifique há quanto tempo ocorreu o início da gestação.

Dessa forma o médico e paciente podem iniciar o pré-natal, realizar ultrassom e prosseguir com os cuidados necessários para o período de gravidez.

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or